Iniciativa pioneira

Iniciativa pioneira

Iniciativa pioneira

2018

Manacá

Plataforma digital para registro de marcas, patentes e desenho industrial

identidade visual, design de interface, experiência do usuário, posicionamento de marca, análise e insights

Burocracia sem terno e gravata

O pesadelo de toda pessoa que resolve abrir uma empresa é passar pelas etapas do registro de marca. O site oficial é de difícil navegação e entendimento e, sem ajuda de um advogado, temos a sensação de que estamos fazendo algo errado ou de que o processo fica parado. Pensando nisso, a Manacá teve a ideia pioneira de desenvolver uma plataforma 100% digital para todo o processo de proteção de marcas, patentes e desenhos industriais, oferecendo a segurança do acompanhamento por seus advogados.

Pesquisa e posicionamento

Buscamos uma identidade visual que transmitisse simplicidade e proximidade na comunicação. Uma marca acessível ao público, descomplicada, sem burocracias ou “terno e gravata”.

Fizemos uma imersão no cliente para entender as necessidades e objetivos do projeto e uma pesquisa para entender o ecossistema e o público-alvo. A partir destas descobertas, definimos o posicionamento da marca, de acordo com o seu propósito – simplificar o processo de registro de marcas e patentes – e seus pilares.

Identidade visual e acessível

O logo de Manacá faz referência ao processo de registro de uma marca – da ideia inicial ao registro final, passando pela etapa de busca e pesquisa de concorrentes -, representados pela lâmpada, a lupa e o lápis. As três folhas superiores (que são a metáfora visual para a ideia) remetem à origem do nome, que foi concebido durante um descanso debaixo da sombra de um manacá.

Partindo do princípio que a simplicidade, transparência, segurança e agilidade deveriam ser os sentimentos de quem se conectasse com a Manacá, propusemos uma identidade visual que fosse condizente com esses pilares, transmitindo proximidade na comunicação. Uma marca acessível ao público, descomplicada, sem burocracias ou “terno e gravata”.

Dessa maneira, a identidade visual de Manacá une o regionalismo brasileiro com uma linguagem universal, que permite o fácil entendimento de seus valores e objetivos.

Interface amigável e intuitiva

Na etapa de pesquisa e imersão, identificamos os usuários de Manacá: empreendedores, escritórios de advocacia e contabilidade e pequenos empresários. Um público que não aceita mais processos complicados.

A partir do ponto de vista dessas personas, desenvolvemos a experiência dos usuários. Um processo simplificado, dividido em etapas. As informações são solicitadas apenas quando necessárias e o usuário pode parar o processo e voltar quando quiser, com uma clara identificação da etapa corrente.

O design da interface segue uma comunicação mais descontraída. O uso da paleta de cores, junto às ilustrações, tornam a experiência do site mais amigável e fluido. Cores fortes para as interações e uso de texturas acrescentam sentido na navegação e identificação de blocos de informações.

Tiramos a seriedade do processo de registro, buscando trazer conforto para o usuário.

Ficha técnica: Bruno Fraga, Eduardo Grandelle, Gabriela Zuquim, Guilherme Moreira, Leandro Bulkool, Luana Negrelly, Marcela Souza, Mike Ribera, Nina Taddei, Vinicius Lauria e Tola Faria.