Bem viver como mantra

Bem viver como mantra

Bem viver como mantra

2019

OPY.Ará

Branding para novo empreendimento imobiliário

Arquitetura com alma

 

“Um lar é mais do que uma casa. É uma arquitetura com alma”. – Assim Miguel Pinto Guimarães define o que a OPY pretende proporcionar a seus moradores. O novo negócio, em parceria com o também arquiteto Sergio Conde Caldas, oferece casas prontas para morar. 

O bem viver é ponto essencial, sentido na proporção dos espaços amplos, escolha de materiais, no aproveitamento da luz e ventilação naturais. A racionalidade na construção das 8 casas, projetadas ao mesmo tempo, difere do que acontece na malha urbana da cidade. Desta maneira, elas se protegem: os espaços vazios se juntam, os construídos se atraem. 

A 6D iniciou o trabalho de posicionamento da OPY, a partir do modelo de negócio. A várias mãos, materializamos conceito em projeto, durante um processo de design sprint, onde definimos naming, identidade visual, manifesto, comunicação e o lançamento do primeiro empreendimento: OPY.Ará.

Brasilidade em todos os detalhes

 

Lançando mão da brasilidade, o nome OPY (pronuncia-se “ôpã”) vem do Tupi-Guarani e significa casa. O logo trouxe o desafio de interpretar a sonoridade, tão diferente de como se escreve e se lê. Mantendo a linguagem, chegamos ao nome do primeiro empreendimento, que reúne 8 casas no alto Jardim Botânico: OPY.Ará.

O “Y” de cabeça pra baixo lembra um “A”, remetendo, ao mesmo tempo, à forma de uma casa indígena. Usamos também o contraponto das formas: o triângulo, o retângulo e o círculo.
Para seguir a linha fluida e com alusão à brasilidade, uma marca dos arquitetos, optamos por uma grafia manual.

 

 

Lançamento em forma de exposição de arte

 

“A gente quer atingir um sexto sentido, algo que você não necessariamente vê… uma arquitetura que você percebe, que você vive e sente.” – define Miguel.

Para passar esse sentimento, fizemos o lançamento para convidados, na galeria de arte Lurixs.

“Uma vez criado o conceito do projeto OPY, a gente entendeu que precisava fazer um evento que não tivesse cara de lançamento imobiliário, fugindo do tradicional estande de vendas e promovendo uma experiência que os visitantes pudessem vivenciar. Assim, veio a ideia de realizar tudo isso em um espaço de arte, a Galeria Lurixs. Trouxemos tanto as plantas baixas, quanto a simulação 3D do projeto, junto a imagens de conceito e do entorno, (do bairro, do verde em volta das casas), para transmitir o clima de bem viver.” – conta Emilio Rangel, Diretor de Criação da 6D.

“Fizemos uma disposição desse material que promovesse um passeio pelas casas, passando a sensação do projeto. Para isso, usamos três níveis diferentes para trazer essas informações: um nível, onde plantas foram coladas em forma adesivos na parede; um outro, mais deslocado, com altura, que trazia imagens de conceito, de clima; e outro com imagens do projeto em si, emolduradas em quadros, como obras de arte, intercalados em diferentes alturas, remetendo a uma exposição de arte. Em outro ambiente, era exibido o vídeo-manifesto e um terceiro ambiente trazia uma exposição de obras de arte que dialogavam com a arquitetura da OPY, com curadoria do artista Raul Mourão.”

Ficha técnica 6D:
Tola Faria, Gabi Rocha, Emilio Rangel, Betho Alves, Crib Tanaka, Paulica Coelho, Hanon Souza e Bhya Sugai.