Memória Viva

Vinicius de Moraes

Memória Viva

Memória Viva

2013

VM Cultural

Identidade visual para centenário de Vinicius de Moraes

design gráfico, identidade visual, design de interface

Poesia como inspiração

“Poeta essencialmente lírico”, como dizia Tom Jobim, Vinicius de Moraes era, além de poeta, compositor, escritor e um gênio da cultura brasileira. No ano em que ele completaria 100 anos, fomos convidados pela VM Produções para desenvolver o projeto de Identidade Visual para o seu centenário.

Vinicius é um dos representantes das raízes da bossa nova, movimento musical que efervesceu no Rio de Janeiro, no final dos anos 50. E foi justamente sua poesia, em conjunto com a vida e a obra, que nos inspirou da concepção à realização do projeto de identidade visual para o centenário.

Logo comemorativo do centenário

Como ponto de partida, foi desenvolvido um selo formado por linhas simples, acabamentos e linguagem sutis. A ideia foi misturar a paixão do artista pelas silhuetas femininas e o Rio de Janeiro, cenário frequente das suas composições e poesias. O selo estampou diversos produtos e estabelecimentos comerciais que homenagearam o centenário do poeta, em 2013.

Criação e desenvolvimento de portal online

Ainda para o centenário, criamos e desenvolvemos um portal que reúne a obra do poeta, em sua totalidade. Ponto de encontro dos fãs, leitores e demais pesquisadores, ele consolidava a imensa obra completa do poeta, em todos os campos: literatura, poesia e música. Nesta etapa dedicamos um longo período à organização do acervo pessoal e profissional do escritor e à arquitetura de informação, para exibi-lo da melhor forma.

A pesquisa e formatação do conteúdo foi responsabilidade de Fred Coelho.

Design para exposição

A última fase do projeto foi a exposição multimídia ‘Vinicius de Moraes 100 anos’. O nosso trabalho envolveu a criação e a produção da identidade visual e projeto gráfico da exposição, em parceria com os curadores Batman Zavareze e Miguel Jost, o diretor artístico Billy Bacon, e os cenógrafos Susana Lacevitz e Philippe Midiani. A exposição inaugurou a Biblioteca Parque Estadual, na Avenida Presidente Vargas, Rio de Janeiro.

Parte da identidade visual, a iconografia foi inspirada nas pautas musicais e nas cordas do violão. Tudo para representar as diferentes áreas de atuação de Vinicius: composições, música, poesia, infantil e cinema.

Veja as fotos e confira o resultado do nosso trabalho. 🙂

Ficha técnica: Bruno Fraga, Emilio Rangel, Felipe Sarcinelli, Gabi Noval, Laís Tavares, Nina Taddei.